• Shows

    Meu primeiro show sozinha, Thirty Seconds to Mars – Março de 2018

    Arrumando algumas bagunças do meu quarto (espero que vocês nunca vejam pois iriam se assustar) encontrei o ingresso do primeiro show em que eu fui sozinha. Thirty Seconds to Mars, no espaço das Américas em Março de 2018.

    Esse show teve um gosto muito especial. Sabe quando você esta naquela fase, superando um relacionamento que acabou, depois de passar por muitas coisas, de saco cheio com o mundo e meio que metendo o foda-se pra tudo? Então, eu estava numa fase dessas… E eu já estava cansada de esperar companhia pra fazer o que eu tinha vontade, quando fiquei sabendo do show corri pra comprar o ingresso e nem contei pra ninguém.

    No dia do show, planejei todo o meu roteiro: A hora que eu iria comer pra poder chegar com energia. A última vez que eu iria ao banheiro e que eu pararia de beber água pra não ter vontade de fazer xixi e perder meu lugar perto da grade, bem como a hora que eu teria que sair pra chegar cedo e conseguir esse lugar na grade.

    Deu tudo errado.

    No dia eu trabalhei então muitas coisas que aconteceram no trabalho frustraram meus planos. Sai tarde, atrasada, não consegui comer como eu tinha planejado e ainda quando cheguei próxima ao local do show, percebi que havia esquecido minha carteirinha de estudante no trabalho. Minha sorte foi um amigo ter levado pra mim e, quando cheguei, nem carteirinha olharam kkkkkk (no dia eu não ri).

    Ok, dentro do Espaço das Américas, não consegui pegar a grade mas o lugar que fiquei já era legal. Me conformei com a minha sorte e esperei até começar…

    O show foi simplesmente insano!

    Eu cantei, gritei, pulei, quase chorei nesse trecho de “The Kill”, foi muito emocionante a galera cantando junto a plenos pulmões!! Fui empurrada, levei cotovelada, pisões no pé kkkk mas valeu super a pena!! O Jared Leto sempre chama muitas pessoas pro palco e minha intenção em ficar na grade era justamente ter uma sorte dessas. Ao final do show ele chamou muita gente e como eu estava lá na frente, imagina só o aperto que ficou!! Acho que eu nunca fui esmagada daquela forma em toda a minha vida kkkkkk nesse momento eu recuei um pouquinho quando eu vi que não conseguiria ir e aproveitei o finalzinho do show mais de longe… Mas eu já estava super satisfeita e esgotada!

    Ao final do show era um misto de felicidade e esgotamento. Ao mesmo tempo que estava esgotada, estava me sentindo de alma lavada! Consegui chegar ao metro antes de fechar (e ter que gastar com Uber) peguei o trem e vim olhando os vídeos que gravei querendo voltar no tempo…

    Por isso eu indico muuuuuito! Não deixem de ir por não ter companhia!! Ainda não tá convencido (a)? Fiz um outro post com bons motivos pelos quais você não deve deixar de ir por falta de companhia!